Horário de funcionamento

Seg a Sáb:
Das 08 às 18:00

Dúvidas

Qual a sua dúvida?
A resposta pode estar aqui!

Pois bem, para entender como funcionam os florais, vale lembrar que eles atuam por meio de impressões energéticas da planta.

Ela interage com o corpo sutil do ser humano e nos faz perceber qualidades especificas dentro de nós. Poderíamos dizer que os florais funcionam de forma semelhante a uma música inspiradora ou a arte. Eles carregam uma informação através do veículo de som e luz, enquanto as essências florais trabalham por meio da água.

Elas trabalham estimulando a consciência dos nossos conflitos e desafios, e fortalecem a nossa capacidade de trabalhar com os obstáculos para a nossa saúde e crescimento.

Assim, tomando as essências florais, é possível, por vezes, estimular algum desconforto e consciência da dor ou conflito.

A homeopatia é um tipo de tratamento que utiliza as mesmas substâncias que provocam os sintomas para tratar ou aliviar vários tipos de doenças, desde asma até depressão, por exemplo, seguindo o princípio geral de que "semelhante cura semelhante".

Normalmente, as substâncias utilizadas na homeopatia são diluídas em água até que sobre pouca quantidade dessa substância na mistura final, produzindo-se assim um remédio homeopático que poderá ser capaz de aliviar os sintomas em vez de os piorar. Geralmente, quanto mais diluído for o medicamento homeopático, maior será o poder de tratamento.

foi criado com o objetivo de curar problemas físicos e psicológicos sem a necessidade de utilizar medicamentos químicos que possam provocar efeitos colaterais.

É um sistema terapêutico que visa tratar as patologias pelos meios contrários às mesmas, através de medicamentos com ação específica nos sintomas. É a chamada medicina tradicional.

Alopatia significa "cura pelos contrários", ou seja, para febre utiliza-se antitérmico, para a dor, analgésico e contra uma infecção bacteriana, antibiótico. O tratamento visa sobretudo a doença, uma vez que o medicamento alopático causa um efeito contrário à patologia, melhorando ou curando a mesma.

As doses dos compostos utilizados na alopatia estão no limite da toxidade, quase sempre com a produção de algum efeito colateral. As substâncias atuam por quantidade de massa (matéria).

É obrigatória a entrega de receita médica para a grande parte dos produtos de uma farmácia de manipulação. E a primeira coisa que se deve fazer para o uso de produtos manipulados é ir aos especialistas.

Não compre produtos manipulados em drogarias, consultórios médicos, clínicas estéticas, SPAs ou academias pois os mesmos não possuem autorização para atuar com a venda destes produtos no mesmo local. Com a receita médica em mãos, realize a cotação com ótimas farmácias de manipulação até encontrar a empresa ideal e compre sua medicação.

Converse com o farmacêutico para entender como é a tomada do remédio ou a aplicação dos cosméticos e tire qualquer dúvida sobre possíveis efeitos adversos e outras orientações. O farmacêutico é quem prepara efetivamente o seu produto. Portanto, ele pode e deve ser a pessoa em que você confia e que possa tirar todas as dúvidas sobre o produto.

As matérias-primas utilizadas nas farmácias de manipulação são exatamente as mesmas matérias-primas utilizadas na produção dos remédios industrializados. A diferença está no fato de que o medicamento manipulado contém a dosagem e a quantidade especificadas pelo médico na receita. Já o remédio industrializado possui quantidade e dosagem pré-estabelecidas para a produção industrial em larga escala.

O medicamento manipulado atende a uma prescrição específica de cada cliente, ou seja, o médico personaliza o medicamento informando a dosagem e quantidade exatas necessárias para o sucesso do tratamento de seu paciente. Já os medicamentos industrializados e genéricos possuem quantidade e dosagem pré-estabelecidas para a produção industrial em larga escala.

Os preços dos medicamentos manipulados podem ser até 85% mais baratos que os industrializados. Na manipulação não há sobras. O medicamento é prescrito na quantidade e na dosagem exatas. Por isso, paga-se somente pelo que vai utilizar.

Segundo uma pesquisa do Mercado Mineiro, os preços dos remédios industrializados podem chegar a ser até 550% maiores do que os mesmos medicamentos manipulados. Desta forma, vale a pena perguntar ao seu médico se o medicamento pode ser manipulado.